MEU CONSULTÓRIO

CONSULTÓRIO: RUA 24 DE OUTUBRO, 1557/303. PORTO ALEGRE - RS. BAIRRO AUXILIADORA, QUASE EM FRENTE A TOK STOK.
AGENDE HORÁRIO ATRAVÉS DO EMAIL:
ADRIANE.LR@GMAIL.COM

PARCEIROS
NUTRIVITA

sexta-feira, 13 de julho de 2012

COMO CONTROLAR A ALIMENTAÇÃO NO FINAL DE SEMANA


É difícil controlar a alimentação quando saímos da rotina. Isso geralmente acontece nos finais de semana. E todo aquele esforço de manter-se firme no plano alimentar durante a semana vai por "água abaixo" em apenas 2 dias.
Se você está em um programa de reeducação alimentar ou está tentando manter o peso, adotando uma alimentação saudável é importante cuidar da alimentação nesses dias de descanso também.
É possível comer o que se gosta de forma saudável e com moderação e assim unir prazer com saúde.

- No
 café da manhã: É a refeição FUNDAMENTAL de todos os dias. Muitos a deixam de lado no fim de semana comprometendo o resto do dia. Ter um café da manhã equilibrado auxilia em um melhor controle diante das "tentações" que podem surgir no decorrer do dia. Não importa o horário, mas não deixe de fazê-lo
Troque o pão francês pelo pão ou torrada integral ou por uma porção de cereais como: aveia, linhaça, flocos de milho, granola. Você pode consumir o cereal com iogurte ou frutas. Escolha apenas uma opção dessas sugestões fontes de carboidrato.

Troque o leite integral pelo leite ou iogurte desnatado. Prefira os queijos brancos (ricota, cottage, ricota, etc), ao invés dos queijos amarelos.

A fruta ou o suco de fruta natural sem açúcar também é uma excelente pedida.

- No
 almoço, morrendo de vontade de comer aquele bife à parmegiana suculento ou algo mais pesado. Como proceder, comer moderadamente ou substituir? Devo substituir pelo que? 

Se você seguiu a risca a reeducação alimentar durante a semana e não abusou de frituras e alimentos gordurosos, você pode comer algo mais "pesado" no almoço de domingo, por exemplo. Evite o exagero, ou seja, comer porções grandes e também evite ter vários alimentos no prato que são muito calóricos. Por exemplo: o filé à parmegiana, arroz, batata frita, banana à milanesa, etc. Troque a batata frita por salada e exclua a banana à milanesa.

Se você gosta de massa, evite as com recheio e escolha molho ao sugo ou à bolonhesa.
 

Comida japonesa é uma ótima opção, mas cuidado com as friturinhas dos rodízios. Prefira o sushi, sashimi, temaki, etc.

A sobremesa vai depender da escolha do almoço, se você comeu algo mais calórico e "pesado" na refeição, prefira fruta, gelatina,
 flan, picolé de fruta, mas se você comeu algo mais "leve" no almoço e adora uma sobremesa mais elaborada, consuma uma porção modesta. Se não tiver nada que realmente valha à pena, compre um chocolate meio amargo. Ele tem propriedades interessantes à saúde e pode ser uma sobremesa bacana. De 20 a 30g é a quantidade ideal.

-
 Lanche da tarde: Se você estiver na rua pode optar por um salgado assado, por exemplo: um pastel de forno ou uma esfiha com um copo de suco de fruta natural. Ou até mesmo uma fatia pequena de bolo caseiro com uma xícara de chá. Ou um chocolate quente pequeno.

Caso esteja em casa aposte na fruta, iogurte, oleaginosas (castanha do pará).

-
 Jantar ou lanche: Que tal manter a tradição da pizza, mas preparar de uma forma mais saudável? Sabe aquela pizza de pão árabe? Você encontra o pão em supermercados, acrescenta ingredientes leves e fica pronta rapidinho. Ingredientes saudáveis: atum, frango desfiado, alho poró, queijo branco, molho de tomate, ervilha, milho, tomate, cenoura ralada, cebola, palmito, brócolis, espinafre e outras folhas.

- Na
 ceia tem que ser algo mais leve, exemplos: uma xícara de chá, um copo de leite, uma fruta. Se bater aquela vontade de doce, experimente colocar uma maçã ou uma banana no microondas com gotinhas de adoçante e canela.

3 comentários:

  1. Boas dicas. Teu blog é muito bom, amiga ... Já tinha lido outras vezes, vou seguir, agora. Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Tem algum artigo sobre o dia do lixo?

    ResponderExcluir

JUSTIFICATIVA DO BLOG

O objetivo deste blog é divulgar, atualizar e informar sobre atividade física aliada à uma alimentação saudável, e ainda abordar assuntos sobre suplementação e sua necessidade.